Posts da Categoria: Maternidade Real

Quem sou eu para além dos filhos?

Título do post

A maternidade chegou duas vezes sem pedir licença, sem que eu me planejasse em todos os sentidos. Mudou completamente minha vida, meus caminhos, minhas escolhas e principalmente minha relação com tempo, com as prioridades. Por duas vezes mergulhei no buraco vazio de se perder atrás dos filhos. Não encaro a perda como algo ruim. É perda no sentido de mergulho profundo no abismo mesmo. Assustador, sem garantias, algo que acontece longe do controle… Foi muito complicado num primeiro momento entender e acolher esses sentimentos. Ser mãe jovem trouxe essas contradições ainda mais latentes… E depois da fusão total, da entreg [...]

Conversa Materna

Título do post

Na semana passada recebi um convite super legal, falar sobre ser mãe jovem no grupo fechado dos Calçados BIBI no face, conhece? http://bit.ly/grupominhavidaanda   Eu amo esse tipo de grupo onde podemos trocar nossas experiências e questionamentos. Foi tão gostoso conversar por duas horas com outras mães que resolvi copiar as melhores falas aqui por blog pois acredito que são parte do questionamento da maioria de nós. “A maternidade mudou completamente minha vida, meus caminhos, minhas escolhas e principalmente minha relação com tempo, com as prioridades. Foi muito complicado num primeiro momento entender e acolher esses sentiment [...]

Encontro da Maternagem Consciente

Título do post

Oi! Uma novidade incrível!!! Não sei se estão sabendo mas estamos organizando o Primeiro Encontro da Maternagem Consciente! O encontro tem como objetivo difundir ideias de reflexão e consciência a todas as pessoas que buscam construir um relacionamento mais empático, respeitoso e afetivo com seus filhos. Apesar do nome ser Encontro da Maternagem Consciente, consideramos aqui o ato de Maternar como cuidar com vínculo e amor, portanto pai materna, avós maternam, cuidadores maternam. É importante que essas informações cheguem ao maior numero de pessoas possíveis, principalmente aos envolvidos nos cuidad [...]

Pai que cria junto

Título do post

Da série: trabalhando com papai!!!!!! Muito gostoso ver quando os dois se integram, se fundem, se entendem… Sempre disse, cheia de orgulho, que aqui em casa o pai ajuda muito!!! Essa semana aprendi que esse conceito de “ajudar” a mãe é mais um machismo arraigado daqueles que a gente nem percebe… o pai não tem que “ajudar muito”… pai tem que criar junto!!!!! Parece uma diferença sutil mas chama mais pra perto essa nova geração de homens que são cada vez mais participativos (trocam fralda, ninam no colinho, alguns até slingam… e se tivessem peito davam de mamá! ) eu sei que eles AMAM [...]

Transcender o pico da crise

Acorda gritando, chorando, revela seu lado mais sagitariano com coices, patadas e afins. Tento acalmar no carinho, chamego… acolhimento… mesmo que seja muito difícil sequer raciocinar pela manhã. Ser mãe me fez repensar meu (genético) mau humor matinal. Os gritos e o choro alto vão me enlouquecendo. Depois de tentar todas as técnicas de aproximação com muito afeto é a fase do subir a voz. Odeio subir a voz. Ela odeia que eu suba a voz também, então chora mais ainda. Contar, oferecer escolhas, rezar, dar voltinha… Todas as técnicas possíveis e imagináveis pra tira-lá da cris [...]

Ela que se esconde atrás dos filhos

Mulher, Mulher por onde andavas!? Em tuas últimas fotos só vejo filhos, frases de efeito e filhos. Está se escondendo atrás deles? Estou? Você é esperta… sabe que sim… e tudo bem também… menos julgamento, mais acolhimento. Depois que viramos mãe sempre somos aquela que vem depois… que vem (logo) atrás. As vontades, os desejos… o cocô, o sono, o xixi… Todos colocados de lado, pra doar… suprir… Depois eles crescem e isso passa (né?). Quando alguém me encontra pergunta: e os bebês como estão? E as crianças como estão? Estão bem… [...]

Entrevista Maternar

Título do post

        A atriz Carolinie Figueiredo, 25, teve o seu filho caçula em casa em um parto domiciliar não planejado. Ela conta que a ideia era que Theo, hoje com cinco meses, nascesse de parto normal em um hospital assim como foi com a irmã, Bruna Luz, de 2 anos. Não deu tempo. O menino – para a realização dos pais – nasceu no banheiro da casa da atriz, no Rio. Carolinie conta que pretendia ir até a maternidade, mas que também tinha um desejo de ter o filho em casa, principalmente, depois de não ter gostado da experiência que teve no parto da primeira filha. “Acho que inconscientemente acabei tardando [...]